Confira hábitos que podem ter grandes impactos na sua saúde

São muitas as formas de prevenção do câncer através de mudanças de atitudes. Uma alimentação saudável e a prática de exercícios regularmente já apresentam inúmeros benefícios.

Devido à pandemia causada pelo coronavírus, a principal recomendação dos especialistas é não deixar de buscar atendimento médico ou adiar os exames preventivos. Por isso, que tal se propor a construir um futuro mais saudável hoje mesmo?

Abaixo listamos dicas para prevenir, detectar e tratar precocemente diferentes tipos de patologias:

  1. Alimentação saudável. Evite os ultraprocessados e opte por ingerir alimentos in natura ou minimamente processados, como frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e entre outros. Realizar um acompanhamento com uma nutricionista é fundamental para adequar ao seu jeito.
  2. Mantenha o seu peso ideal. Em conjunto com a comida, a prática de atividades físicas ajuda a manter o peso adequado e o bom funcionamento do organismo. Caminhar, andar de bicicleta ou dançar podem ser boas opções.
  3. Movimente-se! Pequenas trocas do dia a dia podem ser atividades físicas, como deixar de usar o elevador e pegar as escadas, levar o cachorro para passear, cuidar da casa ou do jardim. Além disso, procure um exercício para praticar de forma recorrente, e não fique parado!
  4. Amamentação. A amamentação até os dois anos ou mais, sendo exclusiva até os seis meses de vida da criança, protege as mães contra o câncer de mama e as crianças contra a obesidade infantil. Só depois dos seis meses da criança, deve-se complementar com outros alimentos.
  5. Exames preventivos. Mulheres a partir dos 25 anos devem fazer o exame preventivo do câncer do colo do útero anualmente. Após os 40 anos, precisam realizar a mamografia e ecografia mamária. No caso dos jovens (homens e mulheres) com histórico familiar da doença, o exame precisa ser mais cedo. Depois dos cinquenta anos, tanto homens como mulheres, precisam realizar a colonoscopia, para diagnóstico precoce de câncer de intestino.
  6. Exames de rotina para eles. Os homens também precisam se cuidar. Em casos de pacientes com histórico familiar de câncer de próstata, a orientação é realizar o exame preventivo aos 45 anos. Nos demais casos, deve iniciar aos 50 anos.
  7. Vacine contra a hepatite B. O câncer de fígado está relacionado à infecção pelo vírus causador da hepatite B e a vacina é um importante meio de prevenção.
  8. Bebidas alcoólicas. O consumo, em qualquer quantidade, contribui para o risco de desenvolver câncer. Além disso, combinar bebidas alcoólicas com o tabaco aumenta a possibilidade do surgimento da doença.
  9. Evite comer carne processada. Presunto, salsicha, linguiça, bacon, salame, mortadela, peito de peru e blanquet de peru podem aumentar a chance da doença. Os conservantes (como os nitritos e nitratos) podem provocar o surgimento de câncer de intestino (cólon e reto) e o sal provocar o de estômago.
  10. Cuide da sua pele! Evite exposição ao sol entre 10h e 16h, e use sempre proteção adequada, como chapéu, barraca e protetor solar, inclusive nos lábios.

Fonte: Dr. Sergio Roithmann, chefe do serviço de Oncologia do Hospital Moinhos de VentoInstituto Nacional do Câncer.

 

Texto disponível na íntegra em https://www.hospitalmoinhos.org.br/institucional/blogsaudeevoce/confira-12-habitos-que-podem-ter-grandes-impactos-na-sua-saude

Participe do
Próximo culto

Assistir culto on-line

Encontre uma congregação